Segundo Adrian Newey, Vettel terá de reaprender a guiar carros atuais

Após levar 5 a 1 em grids de Ricciardo, Newey vê trabalho à frente do alemão: “não podemos substituir o difusor soprado”

Atual tetracampeão do mundo, Sebastian Vettel continua sofrendo com problemas em seu RB10. A última falha mecânica, que sofreu em Mônaco, lhe tirou um possível pódio logo no início da prova. O piloto agora acumula quatro corridas seguidas chegando atrás do parceiro Daniel Ricciardo, que agora está à sua frente no campeonato mundial.

Para Adrian Newey, o problema se deve também a Vettel, que segundo ele ainda não se adaptou bem aos novos carros em 2014.

"Há um pouco disso", disse Newey ao jornalista Adam Cooper.

"Seb tem uma maneira muito particular de condução, e se nós pudéssemos fazer o carro se adequar a seu estilo de condução veríamos que ele é muito eficaz. Se não pudermos, então ele não será capaz de explorar isso. Portanto, é um trabalho em andamento.”

"Nós não podemos substituir o difusor soprado obviamente, mas Sebastian foi rápido antes que tivéssemos isso. É uma curva de reaprendizagem."

Enquanto o campeão é preocupação, o diretor técnico da Red Bull se dia extremamente impressionado com Daniel Ricciardo.

"Ele tem sido ótimo realmente desde o primeiro dia. Muitas vezes um piloto relativamente inexperiente chegando a uma nova equipe leva um tempo para se adaptar, mas ele parece ter se adaptado imediatamente às novas regras de motores e às ligeiramente diferentes características do carro. Como resultado disso, ele tem sido muito bom."

Newey admitiu, por fim, que após estar perto da Mercedes em Mônaco, o RB10 não poderá fazer o mesmo no Canadá.

"Foi encorajador, mas o circuito é bom para nós, vamos dizer assim, por isso pode não ser o mesmo em algumas outras pistas que estão chegando. Montreal pode não ser o nosso circuito mais forte."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias