Segundo Boullier, ritmo da Lotus na Malásia não é preocupante

Dirigente francês culpa clima chuvoso em Sepang por má classificação e diz que E21 pode fazer ainda mais

Räikkönen não foi bem em Sepang

Muitas interrogações circularam a equipe Lotus após o GP da Malásia. Depois de uma vitória incontestável em Melbourne, os carros do time Enstone simplesmente não tiveram bom ritmo no GP da Malásia.

Após perder três posições no grid por bloquear Rosberg na classificação, Räikkönen largou de 10º e Grosjean em 11º. A dupla fez sétima e oitava posições na corrida, desta vez com Romain à frente de Kimi.

“Não acho que [nosso ritmo] tenha revelado nosso verdadeiro potencial na corrida”, falou Boullier. “Você poderia esperar um resultado bem melhor em condições normais.”

“A classificação não foi em nosso favor e o tempo que perdemos na largada não conseguimos recuperar. Acho que o time fez uma estratégia segura para os dois carros chegarem aos pontos. Pudemos manter contato com os líderes e isso foi bom.”

O dirigente acredita que a Lotus, sem chuva para atrapalhar, possa desenvolver um bom ritmo. “Muito de fazer uma boa corrida é tomar conta dos pneus. Malásia foi um pouco desafiadora. Vamos esperar por condições normais.”

“Com nosso carro temos bom ritmo após uma volta, e, com isso, bom ritmo de corrida”, defendeu.

“Acho que Romain terá os mesmos 'upgrades' de Kimi na China. Temos peças chegando a cada corrida e vamos nos manter trabalhando duro. Vai ser interessante.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias