Segundo, Button destaca corrida divertida e diz que forçou demais

Inglês, que lucrou com punição a Vettel, consegue seu primeiro pódio desde a China e elogia equilíbrio da McLaren

Button de volta ao pódio

O campeão mundial da F-1 em 2009, Jenson Button, fez boa corrida em Hockenheim neste domingo. O piloto da McLaren fez seu primeiro pódio desde o GP da China, terceira etapa do mundial. De lá para cá, Button reclamou frequentemente de seu carro, não conseguindo se adaptar às evoluções trazidas pela McLaren após o GP da Espanha.

Largando de sexto, Button fez boas ultrapassagens e chegou a uma importante segunda posição, chegando a lutar pela ponta com o vencedor Fernando Alonso. O inglês, porém, teve dificuldades com os pneus nas voltas finais e, inclusive, foi ultrapassado por Sebastian Vettel na penúltima volta. Porém, duas horas após a prova, o alemão foi punido com o acréscimo de 20s ao tempo total e Button herdou a segunda colocação. Na coletiva logo após a prova, o piloto da McLaren preferiu não comentar o incidente.

“Não há muito o que dizer. As imagens da TV mostram tudo. Para mim, foi uma corrida divertida, mas quando você está no meio de três, tem de forçar”.

“Eu provavelmente estava forçando mais do que os dois [Alonso e Vettel] no início do stint, mas tinha que fazer isso para ter a chance de lutar pela liderança e, daí em diante, controlar o ritmo. Achamos que era melhor ser agressivos, porém faltaram duas voltas”, contou o inglês.

Button exaltou a qualidade de Alonso em segurar a liderança. “Fernando, como todos nós já sabemos, sabe usar o Kers muito bem para manter alguém atrás. Estou um pouco desapontado. Gostamos da disputa e foi bom voltar ao pódio”.

Button também agradeceu a equipe. “Estou feliz com o equilíbrio do carro. Essa corrida dá muita confiança. Agradeço pelas novas peças que os caras trouxeram. Agora temos um ritmo próximo dos líderes e tenho de destacar também os pitstops, pois foi aquele último que me colocou na luta pela vitória.”

Com o pódio na Alemanha, Button ocupa agora a sétima posição no campeonato com 68 pontos.

Hamilton, com problemas no inicio, pouco fez e protagonizou o único abandono da prova a 11 voltas do fim. “Meu furo de pneu na segunda volta foi um azar incrível. Havia muitos detritos espalhados pela extensão da pista e eu não tive opção a não ser passar por cima. Ficou claro imediatamente que meu carro não era o mesmo após o furo. Mesmo assim, depois de algumas voltas me adaptei, e tivemos bom ritmo no stint do meio. Vamos colocar este ritmo “no bolso” e vamos para Hungria fim de semana que vem.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Pilotos Jenson Button , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias