Segundo Pirelli, mais carros tiveram pneus danificados em Spa

A fabricante italiana, no entanto, ainda não encontrou uma resposta para os incidentes com Rosberg e Vettel

O principal assunto pós-GP da Bélgica continua sendo a questão envolvendo os pneus da Pirelli. Além dos incidentes com Nico Rosberg no segundo treino livre de sexta-feira e com Sebastian Vettel na última volta da prova belga, a fabricante descobriu que outros carros também sofreram com danos na borracha.

Segundo o Motorsport.com apurou, foram encontrados cortes em vários jogos de pneus, de carros diferentes, após as sessões de treinos livres em Spa-Francorchamps.

Além disso, os problemas, assim como aconteceu com Rosberg e Vettel, foram em grande parte com os pneus traseiros. A fabricante italiana, no entanto, ainda não encontrou a origem do problema.

Muito se falou sobre a possibilidade de que detritos na pista teriam causado a falha de Rosberg – a Mercedes, entretanto, investigou e não encontrou nada relacionado ao tema, além de ter descartado qualquer contato do assoalho com a borracha.

Ainda assim, a Pirelli escreveu à FIA para pedir precauções extras quanto à limpeza dos traçados antes das corridas. As equipes se mostraram preocupadas com o assunto e também procuraram a Federação para falar sobre a quantidade de detritos na pista.

O incidente com Vettel deixou o alemão indignado, a ponto de ele ter declarado após a prova, em meio a muitas críticas à Pirelli, que a situação era “inaceitável”. Rosberg, por sua vez, disse que a F1 deve intervir e que o problema com os pneus “precisa ser resolvido”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags pirelli