Sem dinheiro, Nurburgring negocia contrato com Ecclestone

Com base em lei ambiental, o envolvimento do Estado já caiu de cerca de 13,5 milhões de euros para menos de 10 milhões

GP da Alemanha em Nurburgring corre risco

Bernie Ecclestone deu início às negociações para tentar salvar o Gp da Alemanha em Nurburgring. O evento já é bienal , alternando-se com a corrida em Hockenheim, mas ainda assim apresenta problemas de financiamento.

Baseados em uma lei estadual com base no meio ambiente, os governantes locais diminuíram a quantia de dinheiro cedida pelo Estado para a F-1.

Assim sendo, o porta-voz do circuito, Karl-Heinz Steinkuhler, anunciou que o envolvimento do Estado já caiu de cerca de 13,5 milhões de euros para menos de 10 milhões.

Com a queda na receita, o operador do circuito, Jorg Lindner, alertou que o contrato teria de ser refeito. E as negociações com Ecclestone, presidente da empresa que gere os direitos promocionais da F-1, já começaram. “A proposta será discutida com o ministro do interior Roger Lewentz”, de acordo com a agência de notícias DPA.

Em crise, até o parque temático de Nurburgring tem sofrido cortes, com a perda de cerca de 60 vagas de trabalho.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias