Sem Kers e com pouco treino, Webber se diz feliz com quarto posto

Australiano teve problemas com o sistema de recuperação de energia cinética desde a terceira sessão de treinos livres

Webber larga mais uma vez atrás de companheiro de equipe, Sebastian Vettel

Sem participar da terceira sessão dos treinos livres, quando tradicionalmente os carros são acertados para a classificação, e sem poder usar o Kers, Mark Webber ficou satisfeito com o quarto lugar no grid do GP do Canadá.

“Não tivemos o caminho mais fácil antes da classificação e também estávamos sem Kers, o que não foi nada positivo. Por isso, perdemos um tempo de volta crucial nas retas. No final das contas, a segunda fila é uma boa posição, considerando as circusntâncias.”

Não é a primeira vez que Webber tem problemas com o Kers. E, pelas palavras do australiano, também não será a última.

“Como Adrian [Newey] disse no passado, não é que tenhamos subestimado o Kers, mas é um desafio quando você não usou o equipamento no passado. Claramente estaríamos em uma posição melhor do que estamos agora caso tivéssemos o equipamento. Mas temos ótimas pessoas cuidando disso.”

Perguntado quem terá o melhor carro para amanhã em caso de chuva, Webber disse que “esta é a pergunta de 60 milhões de dólares. Fizemos o que podíamos.”

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias