Sem oba-oba, Alonso vê Ferrari em grupo de quatro carros

Mesmo andando entre os primeiros nos dois treinos livres, espanhol não vê diferença para Red Bull, Lotus e Mercedes

Mesmo estando constantemente no grupo dos primeiros colocados e terminando a sexta-feira em segundo, a 17 milésimos de Sebastian Vettel, Fernando Alonso tratou de baixar as expectativas. Correndo em casa, o espanhol prefere analisar os dados dos treinos antes de tirar conclusões sobre o nível de competitividade de sua Ferrari.

“Certamente perdemos um pouco de informação na parte da manhã, quando a pista estava molhada, então concentramos quase todo o programa na segunda sessão e temos de analisar todos os dados. O carro parece responder bem. Fomos competitivos, tanto pela manhã, quanto à tarde. Portanto, foi uma sexta-feira positiva, mas com muito para analisar.”

Alonso salientou o cenário apertado, com quatro carros divididos por pouco mais de três décimos nos treinos, e descartou a McLaren, que vem com um extenso pacote de upgrades. O espanhol só chamou a atenção para a Force India.

“Acho que o grupo da frente segue estando bastante definido, com Red Bull, Mercedes, Ferrari e Lotus, equipes que têm um pouco de vantagem em relação aos demais. Precisamos levar a Force India em conta, pois eles costumam crescer muito no sábado e no domingo. E só veremos realmente o quanto a McLaren melhorou quando chegarmos à classificação, mas não acho que teremos surpresas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias