Senna aposta em classificação mais apertada que o normal

Piloto da Williams explica que, como pista de Interlagos é curta, as diferenças tendem a ser ainda menores

Bruno Senna espera uma classificação apertada – e, se a chuva vier, ainda mais emocionante – para o GP do Brasil. O piloto da Williams destaca que o tempo de volta no circuito de Interlagos é curto, fazendo com que o grid esteja ainda mais próximo do que o normal.

“Interlagos é uma pista mais curta, então a diferença de tempo vai ser muito pequena entre os carros na classificação. E Interlagos ainda tem a questão da chuva, algo que vai colocar um pouco mais de emoção no final de semana”, afirmou ao TotalRace. “Em condições normais, o carro tem tudo para estar entre os 10 primeiros e marcar bons pontos”.

Outro fator que promete trazer emoção para o final de semana é a chuva. Desde que, como frisa Senna, a água não caia com tanta força quanto na classificação de 2009, quando a sessão teve de ser interrompida. “Para mim tanto faz chover ou não. São as mesmas condições para todos. É melhor se tiver um tempo mais consistente e fácil de aprender sobre o carro mas, desde que dê para pilotar, que não tenhamos de ter bandeira vermelha na corrida, está tudo ótimo”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias