Senna busca apagar fraca performance de Montreal em Valência

"Nosso ritmo no Canadá não era realmente um reflexo do potencial do nosso carro", revelou Bruno Senna, 14º no campeonato

Bruno Senna é o 14º no campeonato

Certamente o Grande Prêmio do Canadá, última etapa da Fórmula 1, não teve o cenário que a equipe Williams esperava. Longe de marcar pontos, Bruno Senna espera que o ritmo de prova no GP da Europa, neste fim de semana, em Valência, Espanha, seja condizente ao desempenho do FW34.

"Nosso ritmo no Canadá não era realmente um reflexo do potencial do nosso carro, mas estamos trabalhando duro para entender os motivos e espero que possamos colocar isso para trás e ter um resultado mais forte aqui", revelou Senna.

O brasileiro comentou que, para se dar bem no circuito espanhol, o carro tem que ser bom de curvas de baixa, usar mais downforce, mas em uma proporção que não prejudique a velocidade de reta, ponto importante para um bom desempenho.

"Circuitos de rua são sempre um desafio para o piloto, e Valência certamente não é diferente. Exigindo velocidade em retas, combina a característica com um eficiente sistema para lidar nas áreas fortes de frenagem", disse.

Maldonado, por sua vez, após sua sensacional vitória na Espanha, não conseguiu mais mostrar um grande serviço. O venezuelano espera que o carro possa mudar para melhorar situação da equipe.

"Estamos constantemente desenvolvendo o carro e isso está se refletindo em uma consistência de corrida boa, mas espero que possamos melhorar o rendimento das duas últimas corridas e pegar alguns bons pontos", disse Pastor.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Pastor Maldonado , Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias