Senna é felicitado por Massa e Barrichello após primeiros pontos

Vice-campeão de 2008 exalta feito do amigo, enquanto veterano brinca que, em sua época, o trabalho era mais complicado

Bruno Senna na Curva Parabolica de Monza

Os dois primeiros pontos obtidos por Bruno Senna no GP da Itália de F-1 não foram só comemorados pelo próprio piloto e pela equipe Renault. Outros competidores também celebraram o feito.

Um deles foi Felipe Massa. O piloto da Ferrari, que pontuou logo em sua segunda corrida na categoria (no GP da Malásia de 2002), vibrou com a conquista de Senna, amigo e vizinho [os dois moram no mesmo prédio em Mônaco].
 
"É praticamente a segunda corrida que ele faz, pois ele corria em outra categoria no ano passado. Ele merece todos os parabéns e a força do amigo, concorrente e do brasileiro que está em casa torcendo. Ponto é ponto e ele merece um grande aplauso", comenta.
 
Rubens Barrichello foi outro, mas, no caso do veterano, foi inevitável brincar com a questão do tempo. Afinal, o veterano está na categoria há 19 temporadas e só pontuou pela primeira vez na penúltima corrida de sua temporada de estreia, em 1993, com o sexto lugar no GP do Japão.
 
"Bruno está começando, tem um carro bom, tem de aproveitar essas pistas em que o carro dele anda bem. Está de parabéns, foram bons primeiros pontos. Na minha época, tinha de chegar em sexto para marcar pontos", brincou o veterano, que busca continuar na categoria em 2012. 
 
"Não tem essa história de 'no meu tempo'. Ele marcou ponto e merece", rebateu Massa. Os dois, tanto Massa quanto Barrichello, somaram pontos quando apenas os seis primeiros colocados marcavam pontos.
 
(Colaboraram Felipe Motta e Luis Fernando Ramos, de Monza)
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Rubens Barrichello , Felipe Massa , Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias