Senna garante que pilotos não têm folga até GP da Espanha

Além dos testes coletivos de Mugello, trabalho continua nas fábricas para melhorar o carro visando temporada europeia

Senna em reunião com engenheiros

Está enganado quem pensa que o fato de termos dois finais de semana sem a Fórmula 1 quer dizer que os pilotos estão folgando. Além do teste coletivo de Mugello, entre os dias 1 e 3 de maio, os pilotos têm passado algumas horas no simulador e em reuniões dentro das equipes, para avaliar as primeiras quatro provas e projetar as melhorias que serão implementadas no GP da Espanha, dia 13 de maio.

Bruno Senna, por exemplo, teve uma semana de trabalho na fábrica da Williams, em Grove, Inglaterra. Semana que vem, o brasileiro assume o cockpit do FW34 no segundo dia de testes na Itália.

“A gente nunca fica em casa. Temos o teste de Mugello, mas antes disso estarei na equipe, trabalhando com Rob Wilson para melhorar algumas coisas. Depois, terei um dia no simulador e de reunião de engenharia. Só depois terei alguns dias para descansar”, revela.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias