Senna sente progresso no carro de sua Williams; brasileiro larga em nono

Novo duto de ar que resfria os freios dá confiança a Bruno: “o progresso está acontecendo”

Bruno Senna já consegue perceber boas mudanças de rendimento de sua Williams. Nono no classificatório deste sábado, o brasileiro demonstra estar confiante para a prova de amanhã em Hungaroring, pelo GP da Hungria, 11ª etapa do mundial.

"A diferença estava muito pequena no Q2. Foi tudo muito apertado, perdi um pouco de tempo aqui e ali", disse Senna ao TotalRace. "Fui bem confiante para o Q3, mas logo na primeira curva da volta travei os pneus e vi que não conseguiria fazer muita coisa. E como já estava largando entre os dez, sabia que daria para fazer uma corrida boa. O progresso está acontecendo", revelou.

A grande evolução do carro de Senna tem nome e sobrenome: "duto de ar". Indagado pela equipe do TotalRace, Senna explicou que foi somente essa a mudança no FW34.

"Foi só isso efetivamente, mas é algo que melhorou minha sensação geral em relação à pista. Hoje, os freios estavam um pouco quente demais, e  perdemos um pouquinho de rendimento, mas estou feliz no geral", completou.

Senna parece não se importar muito com a previsão de chuva para amanhã, mesmo sabendo que nessas condições adversas terá um pouco mais de chances de conseguir melhores posições.

"A chuva pode até ajudar. O fato é que estou contente em largar entre os dez primeiros, e se conseguir marcar bons pontos, será uma grande vitória", finalizou.

Seu companheiro de equipe Pastor Maldonado irá largar em oitavo, uma posição à frente do brasileiro.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias