Sétimo colocado, Sergio Perez é o destaque do GP da Grã-Bretanha

Mesmo reconhecendo não estar 100% recuperado após acidente em Mônaco, mexicano soma pontos importantes para a Sauber

Perez fez grande prova e termina em sétimo

Sétimo colocado depois de largar em 12º, Sergio Perez foi um dos grandes destaques do GP da Grã-Bretanha. Ouvido pelo TotalRace, o mexicano da Sauber se mostrou muito feliz com o resultado, depois de ter passado por um mês duro.

“Estou muito feliz pela equipe. Foi um mês muito difícil depois de meu acidente em Mônaco. Voltar e fazer pontos foi muito importante hoje.”

>> >> >> >> >> >>
O mexicano passou por apuros antes da largada, quando atingiu uma placa antes de alinhar no grid e teve de trocar a asa dianteira.

“Foi uma corrida difícil, porque tivemos de mudar a asa dianteira já na volta de reconhecimento de pista, depois que perdi o carro e danifiquei minha asa. Com o novo, perdia muito em curvas rápidas, porque tinha muita degradação no pneu dianteiro.”

O estreante fez toda a prova junto a Nico Rosberg, mas não conseguiu ultrapassar o piloto da Mercedes.

“Fiquei toda a corrida junto de Rosberg. O carro dele corre muito na reta e é muito difícil ultrapassá-lo. No geral, tudo foi muito bem, mas foi uma pena que não consegui passar Nico. Acredito que tenha sido um bom resultado para a equipe.”

A sétima colocação anima o mexicano, que reconheceu que ainda não está totalmente recuperado do acidente em Mônaco.

“Sabia que esta era uma pista boa e tenho certeza de que agora começará um bom momento. Mesmo que ainda não esteja 100%, consegui marcar pontos, o que é ótimo.”

Seu companheiro, Kamui Kobayashi, teve um domingo para esquecer. Envolveu-se em uma colisão com Michael Schumacher, pela qual o alemão foi punido. Depois, ele teve que fazer um drive through após ser liberado em cima de Pastor Maldonado no pitstop. No final, abandonou.

“Foi uma pena porque nossa performance foi boa neste final de semna. Fui muito azarado na corrida de hoje. Acho que não tenho muito a dizer no acidente com Michael [Schumacher]. Estávamos lado a lado e ele obviamente bateu na minha traseira. O carro ficou danificado. Depois tive azar com o pitstop e tive que abandonar porque havia um vasamento de óleo.”

(Colaborou Felipe Motta, de Silverstone)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias