"Soa pessimista, mas o objetivo é terminar a corrida", diz Alonso

Quinto colocado no grid do GP da Austrália, espanhol da Ferrari desconfia da confiabilidade da Red Bull

Quando Fernando Alonso era quinto colocado no grid de largada em um passado recente, focava em um pódio na prova. Neste início de temporada 2014, o espanhol, contudo, mudou de discurso e admite que seu primeiro objetivo para o GP da Austrália é ver a bandeirada.

“Temos de nos concentrar em terminar a corrida”, afirmou o piloto espanhol, ouvido pelo TotalRace em Melbourne. “Temos gente a nossa frente, sobretudo a Red Bull, que ainda não completou uma distância de prova. Soa pessimista, soa cauteloso demais, mas, depois do que vimos nos testes, acho que todos estamos mirando em terminar a prova. A posição vai depender do que acontece no GP, mas o primeiro objetivo é acabar.”

O ferrarista chamou a atenção ainda para a possiblidade de chuva durante a corrida. “Suponho que a previsão seja um pouco melhor do que hoje, mas ainda assim existe uma possibilidade de chuva para a corrida. Se for assim, teremos de estar atentos porque acredito que será caótico como hoje.”

Perguntado sobre o ritmo de corrida agora que os carros terão de terminar a prova com cerca de 30% a menos de combustível do que até ano passado, Alonso afirmou não esperar grandes diferenças de rendimento em relação às performances demonstradas por cada carro durante a classificação.

“Os carros rápidos economizam combustível, são meio segundo mais rápidos e nada acontece. Os carros médios vão perder meio segundo e os lentos, mais meio. Não acho que haverá diferença entre um e outro na hora de economizar combustível.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias