Sobrando, Vettel lidera o terceiro treino livre

Alemão superou Button por pouco mais de dois décimos em sessão complicada para Mark Webber, que completou apenas cinco voltas

Vettel liderou todos os treinos livres do GP da China

Sebastian Vettel não quis saber de largar a ponta dos treinos livres para o GP da China. O alemão da Red Bull dominou a terceira sessão, que serve de preparação para o treino de classificação. As McLaren de Jenson Button, em segundo, e Lewis Hamilton, em terceiro, vieram logo atrás, em dia de problemas elétricos para Mark Webber, que completou apenas cinco voltas e foi apenas o 15º.

Nico Rosberg ficou à frente das Ferrari em quarto lugar, deixando Fernando Alonso em quinto e Felipe Massa em sexto. Ambos os carros estavam com a mesma configuração aerodinânica, ou seja,  Alonso não usou a nova asa dianteira.

Na Williams, Barrichello continuou usando o novo assoalho, enquanto Maldonado teve à disposição o mesmo carro da Malásia. As modificações, no entanto, não pareceram ajudar. O brasileiro foi 0 17º e o venezuelano, 18º.

As temperaturas estavam um pouco mais baixas que ontem, com 15ºC de temperatura ambiente e 25ºC de temperatura de pista.

Como foi o treino

O primeiro dos ponteiros a ir para a pista, já com 20 minutos de treino, foi Schumacher, mas o reinado do alemão durou pouco: Jenson Button logo o superou por quase um segundo. Fazendo saídas mais longas com pneus duros, o inglês se misturou a Hamilton, os pilotos da Mercedes e Vettel nas primeiras colocações.

Não demorou para o líder do campeonato mostrar seu ritmo e colocar oito décimos na concorrência, ainda de pneus duros.

Logo depois, as Ferrari e as Renault começaram seus long runs, com Alonso e Massa parecendo mais competitivos que nos treinos de ontem.

Quem não participou da”festa” foi Mark Webber, que demorou mais de meia hora para sair da pista. Havia suspeitas de que era o Kers do australiano que estava com problemas e o gráfico da transmissão mostrou que o piloto não utilizava o dispositivo. Webber completou apenas cinco voltas no treino, com pneus duros.

Faltando pouco menos de 20 minutos para o final da sessão, as Mercedes foram as primeiras a calçar pneus macios, mas Rosberg baixou apenas 0s376 em relação ao tempo de Vettel.

Alonso fez 1min36s2 na primeira volta, quatro décimos acima de Massa, e depois superou o brasileiro numa segunda tentativa. No entanto, as Ferrari continuam sofrendo em simulações de classificação. Vettel virou em 1min34s9 e tomou a ponta, com Button em melhor forma que ontem, a apenas 0s208 do alemão.

Mesmo tendo danificado seus pneus numa escapada em sua volta rápida, Hamilton ainda teve tempo para testar seu ritmo com o composto macio e ficou a dois décimos do companheiro.

O treino teve poucas saídas de pista, mas vários pilotos erraram seus pontos de freada no final da grande reta e destruíram seus pneus.

Resultado do terceiro treino livre do GP da China

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias