Sobre incidente com Massa, Magnussen diz: “Não faria nada diferente”

“É algo que os comissários têm que julgar e quem foi reportado aos comissários foi ele”, falou o dinamarquês

Depois da confusão da primeira curva no GP da Alemanha com o brasileiro Felipe Massa, Kevin Magnussen se disse nesta quinta-feira feliz que ninguém tenha se machucado após o incidente, mas ressaltou que não se acha culpado pelo que houve, contrariando a versão de Massa, que acusa Kevin de conduta imprudente.

“Na verdade, a única coisa que foi boa é que ninguém se machucou, especialmente ele”, falou Magnussen ao TotalRace na Hungria.

“A coisa mais importante é que ele está bem. Sobre de quem foi a culpa, não é algo que eu queira entrar. É algo que os comissários têm que julgar e quem foi reportado aos comissários foi ele. Partindo deste ponto de vista, não fiz nada errado.”

“Eu fiz uma boa largada, me coloquei por dentro do Valtteri Bottas, quase consegui passá-lo, mas tive que frear um pouco mais e aí aconteceu. Não faria algo diferente. Obviamente você aprende dessas coisas. Mesmo se for sua culpa ou do outro, é experiência e ainda é algo que você lembra.”

Questionado após as críticas de Felipe, Magnussen rebateu: “Só consigo me lembrar de um acidente meu em primeira volta neste ano, e aconteceu com ele.”

“Não precisamos mais nos falar. Isso acabou, é um assunto que não precisamos voltar.”

Sobre o GP, apesar de problemas com a McLaren, o piloto acredita que pode ir bem, mas tendo em vista o bem do time a longo prazo. “Tenho ótimas memórias daqui. Já testei bastante, já estive muitas vezes aqui. Conheço bem o lugar. Acho que o que pode ser positivo sobre este fim de semana é que fomos bem na Alemanha e vamos carregar isso para cá.”

“Não há lugares secretos. É um circuito difícil de passar, provavelmente mais difícil que Hockenheim, então a classificação vai ser bem importante. Não vou nos colocar nenhuma meta. Nossa meta é sempre vencer, estar em posição para vencer todas as corridas. Esta é nossa meta, voltar a vencer. Ter metas como Top 5 ou Top 3 não é relevante.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias