'Sobrevivente' Martin Donnely será o comissário no GP do Canadá

Irlandês, que já trabalhou na função no GP da Coreia, sofreu um dos acidentes mais impressionantes dos anos 1990

O irlandês Martin Donnely

O irlandês Martin Donnely voltará a ser o comissário convidado para ajudar no julgamento de punições durante o GP do Canadá. O ex-piloto da F-1 correu na categoria por um breve período em 1989.

Donnely estreou com a Arrows no GP da França de 1989, substituindo Derek Warwick, e no ano seguinte foi para a Lotus, justamente ao lado de Warwick.

No entanto, sofreu um incrível acidente em um treino para o GP da Espanha de 1990, em consequência de uma quebra na suspensão, e encerrou a carreira na F-1. Seguiu correndo em outras categorias até fundar sua academia de pilotos, em Norfolk, Inglaterra.

Em suas 12 largadas na F-1, Donnely teve como melhor resultado um sétimo lugar.

O irlandês já trabalhou como comissário no GP da Coreia, no final do ano passado.

Quem estava cotado para ocupar a vaga de comissário convidado no GP do Canadá era Emerson Fittipaldi. Durante a São Paulo Indy 300, prova da Fórmula Indy no Brasil, o bicampeão comentou que havia sido convidado por Jean Todt (Presidente da FIA) para tal.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Tipo de artigo Últimas notícias