Superaquecimento foi a causa das falhas de Vettel e Grosjean em Valência

Renault, após muitos estudos, apontou o problema; alternadores dos motores deverão ser modificados para Silverstone

A causa do abandono de Sebastian Vettel e Romain Grosjean durante o Grande Prêmio da Europa, neste último domingo em Valência, foi um superaquecimento do alternador, é o que confirmou a Renaul,  fornecedora de motores de ambos os carros.

A conclusão veio após o exame dos motores da Red Bull e da Lotus, mas a ainda não conseguiu determinar porque este superaquecimento aconteceu.

"Temos a evidência de que o alternador de Sebastian mostrou sinais de superaquecimento depois do período de Safety Car", disse Rod White, um dos diretores da Renault Sport F1. "As baixas velocidades fizeram com que a vida útil da peça diminuísse, e quando Sebastian voltou ao ritmo normal, bem, aí todos sabemos o que aconteceu", revelou.

"Iremos conduzir alguns testes em dinamômetro para reproduzir o que aconteceu na pista e tentar entender o problema", finalizou.

A Renault já pensa em utilizar um alternador modificado para o GP da Inglaterra, ou até mesmo voltar a usar o da temporada de 2011.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Sebastian Vettel , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias