Suspensão abrevia estreia de Razia no treino em Xangai

Piloto enfrenta problema após nove voltas e não consegue aproveitar a 1h30 de sessão; equipe não sabe causa do imprevisto

Razia a bordo do T128 em Xangai

Uma quebra de suspensão impediu Luiz Razia de aproveitar melhor sua estreia em uma sessão oficial de F-1. O baiano do Team Lotus sofreu a avaria após apenas nove voltas e foi obrigado a ficar nos boxes pelo resto do tempo.

"Infelizmente, a suspensão dianteira quebrou e fez danificou a asa. Por isso, tive de voltar bem lento para os boxes. Não sabemos o que aconteceu, a equipe está olhando os dados. Foi uma quebra muito estranha e acabou meu treino muito cedo", comenta.
 
Razia também elogiou a evolução do modelo T128. "A estabilidade traseira melhorou bastante com os novos ítens, e o carro se comporta bem agora nas curvas em alta, bem diferente do que ocorria em Barcelona, onde parecia que estava dançando. Nos dois treinos, usei pneus duros e deu para sentir o grande salto de performance."
 
"Estava começando a pegar a mão do carro e dos freios, que são muito diferentes da GP2. Até aquele momento estava bom, mas não deu para voltar", lamenta o baiano, que prefere concentrar seus esforços agora na categoria de acesso, sem criar expectativas sobre o próximo teste.
 
"Agora começa a GP2 e quero focar 100% nela. Só existe uma prova que daria para andar, que é no Canadá, mas não conheço a pista e não sei se é uma boa opção. Quero fazer um bom trabalho e dar o máximo de informação para a equipe. Vamos ver", completa.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Tipo de artigo Últimas notícias