Suspensão dianteira da Ferrari não é usada há mais de 10 anos

De acordo com piloto reserva Marc Gené, último carro a ter pullrod na frente do carro foi o Minardi de Alonso

Massa pilota o F2012 em Jerez

A atenção de muitos pode estar voltada aos pouco vistosos bicos da grande maioria dos carros de 2012, resultado da regra que rebaixou sua parte dianteira por questões de segurança, mas uma das novidades que vêm chamando a atenção é a suspensão dianteira da Ferrari.

O modelo em pullrod, que havia caído em desuso, foi recuperado por Adrian Newey na Red Bull há alguns anos e hoje é usado em praticamente todos os carros. Mas a Ferrari, uma das últimas equipes a aderir ao desenho, apostou em usá-la tanto na parte traseira, assim como os rivais, quanto na dianteira.

De acordo com o piloto de testes da equipe, o espanhol Marc Gené, uma suspensão dianteira desse tipo não é usada na F-1 há mais de uma década. “Ela foi vista pela última vez na Minardi de Fernando Alonso de 2001”, afirmou o piloto em sua coluna no jornal El Mundo Deportivo.

“O sistema busca baixar o centro de gravidade e melhorar a entrada e operação de ar da dianteira para a traseira, a fim de aumentar os níveis de pressão aerodinâmica”, explicou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias