Sutil: "As equipes da frente vão perder mais que a gente"

Alemão comenta fim do difusor soprado e admite que Force India falhou ao tentar usar sistema, por isso não perderá como outros times

Adrian Sutil

Para Adrian Sutil, a Force India não deve ter problemas com o fim do difusor soprado a partir do GP da Grã-Bretanha de F-1 por um simples motivo: eles não se deram bem com o dispositivo.

O alemão acredita que as equipes da frente, como Red Bull e Renault, sofrerão mais que as outras, mas isso também não representará em uma queda brusca de rendimento por parte dos times de ponta.
 
"As equipes da frente vão perder mais que a gente, pois eles usaram isso por um bom tempo e provavelmente extraíram o máximo; Já nós falhamos nisso, então acreditamos que esta mudança será positiva. A Red Bull ainda será rápida e não vai perder a performance, provavelmente", comenta.
 
Correndo na casa da equipe (literalmente, uma vez que a Force India fica localizada à frente do autódromo, na antiga fábrica da Jordan), Sutil tem boas expectativas. "É um circuito muito bom, que traz um bom sentimento sempre, por ser de alta velocidade e contar com curvas rápidas, o que gosto na F-1."
 
"Espero por bons pontos e boas chances. Gosto do circuito e fiz uma boa corrida em 2010, chegando em sétimo. Correndo na frente da fábrica eu quero brilhar, e espero uma corrida boa como Valência. Chegar em oitavo, por aí, será bom", completa.
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Silverstone)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias