Sutil crê que pode sair da Malásia “com pontos ou algo mais”

Largando em oitavo, alemão lamentou chuva no final da classificação, mas torce por corrida no seco para mostrar ritmo

Mesmo após frustrar-se com a oitava colocação no grid  - classificou-se em nono e lucrou com a punição a Kimi Raikkonen – Adrian Sutil demonstrou confiança no ritmo da Force India em pista seca e acredita que pode sair da Malásia “com pontos ou algo mais”.

O alemão foi o mais rápido no Q1, mas o rendimento caiu com pista molhada. “É uma pena que a chuva chegou no Q3 porque nosso ritmo no seco foi muito forte. Ainda não estou totalmente confiante com esses pneus de pista molhada e o carro estava patinando muito nas curvas, com muitas saídas de traseira. Espero que a prova seja no seco porque temos um carro competitivo e estou feliz com o equilíbrio.”

Mas Sutil não foi pego tão desprevenido pela chuva quanto seu companheiro, Paul Di Resta. O escocês não havia marcado tempo quando a água começou a cair na segunda metade do Q2 e larga apenas em 15º.

“Foi um dia muito frustrante porque fomos pegos de surpresa pelo clima. Estávamos fortes neste final de semana, mas a chuva chegou antes do esperado pela equipe. Tenho muitos pneus novos, o que é mais que suficiente para completar a prova e o carro está funcionando bem.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Paul di Resta , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias