"Suzuka foi uma corrida para esquecer", diz chefe da Red Bull

Christian Horner admite que o GP do Japão foi um "corrida para esquecer" após nenhum dos carros marcar pontos pela primeira vez na temporada

Daniel Ricciardo teve um pneu furado após tocar em Felipe Massa, enquanto Daniil Kvyat lutou contra problemas nos freios após largar dos boxes devido a um forte acidente no treino de classificação. O resultado foi que a equipe não marcou pontos, fato que não acontecia desde do GP da Austrália de 2014.

"Foi uma corrida muito frustrante, e foi um longo entardecer. A única coisa boa foi que tivemos muito tempo para ver TV", brincou Horner. "Foi uma pena porque Ricciardo fez uma boa largada e fez um movimento para ultrapassar, provavelmente Massa alterou a sua linha, mas foi um incidente de corrida."

 

"O resultado foi um estouro de pneu, no pior momento possível, por que tivemos de fazer uma volta inteira devagar, perdemos mais de um minuto. Após isso, ele migrou para uma corrida de uma parada apenas. Seu ritmo estava OK. Se tudo tivesse dado certo, talvez ele tivesse chance de marcar pontos", disse Horner.

Ele admitiu que o acidente de Kvyat exigiu que a equipe trabalhasse durante a madrugada para construir o chassi reserva. "Kvyat teve uma oscilação de temperaturas nos freios, o que causou muitos travamentos de roda, e isso comprometeu a sua prova", disse.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pista Suzuka
Pilotos Daniel Ricciardo , Daniil Kvyat
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags horner