"Temos de nos livrar das Toro Rosso e McLaren", diz Alonso

Sem esperar "milagre" cinco dias após GP da Coreia, Ferrari o dia com Massa à frente do espanhol, mas apenas em oitavo

Mais do que a oitava posição com Felipe Massa e a décima com Fernando Alonso nos primeiros treinos livres, o que mais preocupa a Ferrari é o déficit com equipes que geralmente estão atrás dos carros vermelhos: Toro Rosso e McLaren demonstraram um ritmo mais forte do que a Scuderia, pelo menos em classificação.

“Não dava para esperar nenhum milagre em cinco dias da Coreia até aqui”, reconheceu Alonso. “Mas temos de melhorar alguns décimos porque perder para as Red Bull e as Mercedes é normal, mas precisamos tentar ficar à frente de Ricciardo – que também superou Felipe hoje – de Hulkenberg, que estará por perto, e da McLaren. Precisamos de mais alguns décimos para nos livrarmos disso.”

O espanhol rodou em sua primeira simulação de classificação e fez seu melhor tempo com os compostos médios danificados pela travada de pneus.

O brasileiro Felipe Massa terminou a sexta-feira na oitava posição, fechando o dia também aquém do esperado para a Ferrari em Suzuka. Mesmo assim, o brasileiro se disse otimista para melhorar o F138 para a classificação.

"Hoje nós fizemos tudo o que podíamos e conseguimos fazer todo o nosso programa. É difícil saber como fomos, porque é só sexta-feira e há um monte de carros que são muito competitivos", falou Felipe.

"A partir de amanhã, espero ter um carro mais rápido, o que nos permitirá lutar com aqueles à nossa frente. Vamos certamente fazer o nosso melhor na preparação para a classificação, mas acima de tudo para a corrida de domingo. É sempre bom estar em Suzuka nesta pista fantástica, que é um dos melhores circuitos em que corremos ".

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias