Temporada 2012 começa com mais ultrapassagens que ano passado

Tanto o GP da Austrália quanto da Malásia tiveram seus recordes históricos de manobras ao menos igualados

Ricciardo foi quem mais ultrapassou até agora

Se a temporada 2011 foi marcada pelo recorde absoluto no número de ultrapassagens, o início de 2012 está se mostrando ainda mais animado nesse quesito. Tanto na primeira prova do ano, na Austrália, quanto na Malásia, foram registradas novas melhores marcas em número de manobras.

O GP da Austrália teve 41 ultrapassagens, bem mais que as 27 do ano passado e igualando o recorde estabelecido em 2010, quando houve interferência da chuva. Os pilotos que mais contribuíram para o alto número de manobras foram Kamui Kobayashi e Daniel Ricciardo, com 4. Já Sergio Perez (7), Jean-Eric Vergne (6) e Glock e Massa (5) foram as maiores vítimas do dia.

Na Malásia, sob chuva, a corrida superou por ampla margem seu recorde em 14 edições da prova (sendo a terceira no molhado). Foram 77 ultrapassagens – a melhor marca anterior havia sido de 44, em 2001, também com chuva.

Em Sepang, novamente Daniel Ricciardo foi quem mais ultrapassou, com nove manobras, superando Jenson Button, com oito e Bruno Senna com seis. Todos, carros rápidos que acabaram em determinado ponto da prova perdendo muitas posições.

O francês Vergne, apesar de ter marcado seus primeiros pontos, novamente foi um dos que mais sofreu ultrapassagens, com 7, mesmo número que Glock e só perdendo para a dupla da HRT, que apostou nos pneus de chuva forte logo na largada e subiu várias posições no início. Karthikeyan foi superado 12 vezes por posição e De la Rosa, 10.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias