Temporada da Lotus começará na Espanha, diz Grosjean

Time espera resolver seus problemas antes do início da temporada europeia, mas deve sofrer na China

Se tudo correr como planejado para a equipe Lotus, o GP da China será o último da sobrevivência para a equipe, que deve ter um carro totalmente renovado para a etapa seguinte, na Espanha.

“Xangai não é minha corrida favorito, mas estarei fazendo 28 anos lá então espero que seja bom!”, lembrou Romain Grosjean. “É um circuito em que não é particularmente fácil encontrar o acerto e a temperatura pode estar fria. Não sei se é um circuito que vai ser bom para nosso carro, mas nosso foco é conseguir ficar bastante tempo na pista para estarmos preparados para quando nossa temporada vai realmente começar, em Barcelona.”

Seu companheiro, Pastor Maldonado, lembra que o fato da pista de Xangai ter uma das maiores retas da temporada não é muito positivo para a Lotus, que ainda tem sérios problemas com sua unidade de potência.

“Pode ser um pouco complicado para nós porque não estamos entre os mais rápidos de retas, então temos que ver o quão rápidos podemos ser nas curvas. Esse será nosso desafio. Depois de termos completado a prova do Bahrein, temos mais experiência e dados para trabalhar, então nossa situação melhorou.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias