Tentar chegar ao topo pode ser prejudicial, diz dono da Lotus

Gerard Lopez afirma que Williams está na mesma posição da Lotus de 2012-13, quando até conseguiu ganhar alguns GPs

Todos sabem dos problemas que a Lotus enfrenta na justiça, por falta de pagamento a fornecedores. No início da semana foi divulgado que a equipe conseguiu entrar num acordo com uma das empresas, a Xtrac.

O dono da escuderia, Gerard Lopez, insiste em dizer que o time aos poucos volta aos trilhos, mesmo com rumores de uma possível venda para a Renault. À revista alemã Auto Motor und Sport, o dirigente declarou que os problemas enfrentados pela Lotus começaram quando a equipe quis tentar exercer domínio na categoria: "O que eu não faria novamente, talvez, é que quando você está em quarto ou quinto, você tenta subir para o primeiro lugar."

Agora, em 2015, ele vê semelhanças do caso da Lotus com outra equipe da F1: "A Williams está na mesma posição agora como estávamos há dois anos. Para tentar ser o terceiro, você precisa se colocar em uma posição de risco inaceitável."

Assim como outras equipes pensam, Lopez é a favor de uma nova forma de distribuição de direitos na F1, mas por enquanto, tem como objetivo chegar à quinta colocação no mundial de construtores. No mundial de pilotos, o melhor da equipe é Romain Grosjean, com 17 pontos, na décima colocação.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias