Terceiro no grid em 2012, Grosjean diz que inverno foi melhor que esperava

Francês espera boa base para lapidar E21 no Albert Park e assume que aprendeu bastante com o ano passado

O francês Romain Grosjean fez sua reestreia na F-1 em Melbourne no ano passado. Após correr pela Renault em 2009, ser campeão da AutoGP em 2010 e da GP2 em 2011, Romain teve uma nova chance na categoria máxima do automobilismo mundial.

Depois de um sábado de sonho no ano passado, quando se viu alinhando no terceiro posto e seu companheiro de equipe Kimi Räikkönen em um distante 17º, Romain não pôde almejar muito na corrida, após ser acertado por Pastor Maldonado na segunda volta.

Durante a temporada, Grosjean provou aquilo que todos sabiam, que era um piloto veloz. Porém, diversos problemas em largadas e ações impetuosas demais dentro da pista acabaram culminando em má fama. Neste ano, mais amadurecido, o francês quer ser lembrado apenas por suas boas atuações.

“Aprendi bastante ano passado, com certeza. Foi um bom inverno, melhor do que esperava”, afirmou hoje ao TotalRace em Melbourne.

“O primeiro que temos de ver é o carro, e como trabalharemos para melhorá-lo. Sabe, quero olhar em dezembro, ver tudo atrás de mim e poder dizer que estou orgulhoso do que fiz. Que dei meu melhor, fui forte e consistente. Quero estar feliz.”

Perguntado pelo TotalRace se estaria otimista após a boa classificação de 2012, Grosjean se mostrou realista. “Tentarei fazer o mesmo ou até melhor, mas temos de ver como está o carro, o que conseguimos fazer e onde estamos”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias