"Tirando fina" dos muros, Barrichello se anima com 12º lugar

Brasileiro afirma que extraiu tudo o que podia do carro e revela que pneus estão durando mais do que o esperado

Barrichello larga em 12º no GP de Cingapura

Feliz com o desempenho e a 12ª colocação no grid de largada para o GP de Cingapura, Rubens Barrichello afirmou que tirou tudo de sua Williams na classificação.

“Fina de muro não faltou, até acho que tem umas rodas pintadas com o patrocinador da pista. Foi uma grande volta, acho que a gente consegue colocar o carro ali só porque é uma pista que exige um pouco mais, uma combinação. Consegui fazer duas voltas no limite do carro, então estou feliz.”

Barrichello revelou que o consumo de pneus está mais baixo do que o previsto após os treinos de sexta-feira e acredita que seja possível fazer apenas uma parada amanhã.

“Os pneus, apesar de tudo, estão durando mais do que a gente projetou antes do início do final de semana, então acho que existe muito a possibilidade de fazer menos paradas. A gente tinha falado entre duas e três, mas pode ter gente brincando com uma ou duas. Três ainda é um número a ser considerado, mas deve ser duas para 80%.”

O brasileiro revelou um papo com o diretor técnico da Williams, Sam Michael, que faz sua última corrida na equipe. O engenheiro está de saída para a McLaren.

“Foi uma conversa mais social, falando que é como mudar de escola, de amigos. Sempre me dei muito bem com ele e desejo tudo de bom.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Cingapura)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias