Toro Rosso anuncia piloto de 16 anos para temporada 2015

Max Verstappen, que terá 17 anos quando estrear, será o mais jovem competidor da história da Fórmula 1

De volta após o período de férias de verão, a Fórmula 1 já apresenta-se com novidades para o ano que vem. Na noite desta terça-feira, a Toro Rosso anunciou o mais novo reforço para a temporada 2015, um nome já histórico antes mesmo de qualquer movimentação na pista. Trata-se do holandês Max Verstappen, 16 anos, novo titular da escuderia.
 
[publicidade] Filho de Jos Verstappen, ex-piloto da categoria máxima do automobilismo – companheiro de Michael Schumacher na Benetton, há 20 anos -, Max desembarca na Toro Rosso como o competidor mais jovem da história da Fórmula 1; ele terá 17 anos na próxima temporada. “Desde que tinha sete anos de idade, a F-1 foi minha meta, então esta oportunidade é um sonho realizado”, afirmou o holandês.
 
Contratado em agosto para o programa de jovens pilotos da Red Bull, dona da Toro Rosso, Verstappen substituirá o francês Jean-Éric Vergne, o representante mais velho da equipe neste ano (24 anos, contra 20 do russo Daniil Kvyat, que vem fazendo uma grande temporada de estreia). A escuderia confirmou os titulares para 2015 por intermédio de sua conta oficial no Twitter.
 
Garantido como titular, Max Verstappen quebrará justamente um recorde de autoria da Toro Rosso. O holandês será o mais jovem competidor da história da categoria a participar de um GP, superando Jamie Alguersuari, que disputou o GP da Hungria em 2009 com apenas 19 anos, 4 meses e 3 dias; quase dois anos a mais do que a nova revelação a ser lapidada pela escuderia. No início da temporada que vem, Verstappen terá menos de 17 anos e seis meses.
 
A ida à Toro Rosso representa um passo importante na curta carreira do holandês, já que a equipe se tornou uma porta atrativa para a Fórmula 1. O maior exemplo recai sobre o tetracampeão Sebastian Vettel, que, após dois anos no time, acabou ‘promovido’ à Red Bull, escuderia na qual se venceu os quatro mundiais. Fazendo sucesso neste ano, Daniel Ricciardo também veio do time italiano.
 
Paixão automobilística de berço e ascensão meteórica
 
Nascido no dia 30 de setembro de 1997 em Hasselt, na Bélgica, Max Verstappen foi destinado a viver do automobilismo. Além do pai Jos Verstappen, ex-piloto de Fórmula 1, a mãe do jovem de 16 anos, Sophie Kumpen – filha de Paul Kumpen, ex-competidor de endurance -, fez carreira no kart. “Todos estamos trabalhando duro para chegar à Fórmula 1. Com a volta do sobrenome Verstappen, espero que possamos recordar os velhos tempos e acredito que os fãs vão lotar as pistas para ver ele”, disse Jos, considerado o maior piloto da história da Holanda.
 
O mais novo reforço da Toro Rosso ingressou no automobilismo aos 7 anos, em campeonatos locais de kart. Max alcançou a carreira internacional na modalidade somente em 2010, quando disputou a Copa do Mundo de micromonopostos. O bom desempenho chamou a atenção.
 
A estreia em monopostos ocorreu apenas em outubro de 2013, quando guiou pela primeira vez um carro de corrida no circuito de Pembrey. Neste ano, Verstappen debutou na Fórmula 3, categoria na qual, logo no primeiro final de semana, em Silverstone, subiu ao pódio com um segundo lugar. Atualmente, é o segundo colocado na classificação.

Na Fórmula 1, o piloto ainda não tem nenhum experiência e precisa andar pelo menos 300km sob a supervisão de um membro da Federação Internacional de Automobilismo para ter direito à super licença, obrigatória para quem ingressa na categoria.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias