Toro Rosso corre para ter mesmo motor da Red Bull em 2014

Atualmente usando os Ferrari, time de Ricciardo e Vergne quer se aproveitar das tecnologias dos tricampeões

A Toro Rosso busca chegar o quanto antes a um acordo para trocar os motores Ferrari pelos Renault a partir da temporada 2014. “É nossa meta ter o mesmo motor da Red Bull para usar as sinergias que são possíveis dado o regulamento. Estamos negociando com a Renault e temos de esperar para ver. Nada foi assinado ainda”, afirmou o chefe da equipe, Franz Tost.

A pressa da equipe está relacionada à complexidade das mudanças para o próximo ano. “Quanto antes você souber quem serão os parceiros, mais rapidamente chegamos nos detalhes e arrumamos as questões que aparecerem porque o pacote de transmissão do ano que vem é muito complicado”, explicou Tost. “Não tanto do lado do motor, mas em relação ao turbo por causa do calor do sistema de ar. E também há o câmbio. O pacote completo se tornará uma única unidade e você precisa saber o quanto antes quem serão os parceiros.”

E ter o mesmo fornecedor da Red Bulls seria uma vantagem para a Toro Rosso. “Assim, teríamos o mesmo câmbio da Red Bull porque isso é possível segundo as regras e certamente usaremos as sinergias que o regulamento nos permite.”

De acordo com Tost, a Ferrari não quer diminuir o número de clientes. Acredita-se que a equipe italiana esteja apoiando a contratação de seu piloto da Academia Jules Bianchi pela Force India como parte do acordo para que a equipe, que hoje corre com os Mercedes, troque de fornecedor em 2014.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias