Único a fazer estratégia de duas paradas funcionar, Di Resta é sexto

Escocês comemorou o bom desempenho da Force India, enquanto Hulkenberg, 12º, teve corrida arruinada na largada

Chegada com Alonso foi apertada para Di Resta

Único a fazer a estratégia de duas paradas funcionar, mesmo sem que a Force India tenha participado da segunda sessão de treinos livres, Paul di Resta elogiou o acerto do carro. O escocês foi o sexto colocado, a apenas dois décimos de Alonso.

“O resultado de hoje foi importantíssimo para nós. A equipe fez um trabalho incrível todo o final de semana, a estratégia funcionou e os pits foram perfeitos. Sabíamos que seria difícil fazer dois pit stops e foi apertado no final, porque Fernando [Alonso] estava muito perto, mas guardei Kers para a última curva e consegui permanecer na frente. Tirando isso, o carro estava incrível.”

Já Nico Hulkenberg não teve tanta sorte. A prova do alemão, que terminou em 12º, já começou com uma má largada.

“Acho que minha corrida foi decidida no começo, quando tive problemas com a embreagem, o que me fez cair para o fim do pelotão. Dali em diante foi uma luta longa e difícil para recuperar posições. Cheguei em 12º, mas não havia muito mais que pudesse fazer. Uma corrida dura para nós, mas é ótimo ver Paul nos pontos.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias