Valsecchi é segundo campeão da GP2 que não vira titular

Piloto italiano foi confirmado como reserva da Lotus. De 2005 para cá, categoria garantiu 22 na Fórmula 1

Confirmado como piloto reserva da Lotus, o italiano Davide Valsecchi é apenas o segundo campeão da GP2 que não consegue uma vaga como titular na Fórmula 1 no ano seguinte ao de sua conquista. O campeonato é disputado desde 2005 e coroou oito campeões.

Antes de Valsecchi, o também italiano Giorgio Pantano, que ficou com o título de 2008, não subiu para a categoria máxima do automobilismo. Porém, o piloto já tinha 29 anos na época e havia corrido pela Jordan quatro anos antes, sem sucesso.

A GP2 teve como primeiro campeão Nico Rosberg, em 2005, que no ano seguinte fez sua estreia na F-1 pela Williams. Depois do alemão, conquistaram o título e logo depois subiram Lewis Hamilton (2006), Timo Glock (2007), Nico Hulkenberg (2009), Pastor Maldonado (2010) e Romain Grosjean (2011) . Hamilton estreou na F-1 pela McLaren, Glock pela Toyota, Grosjean retornou à categoria em que havia corrido em 2009 pela Lotus e Hulkenberg e Maldonado tiveram suas chances também na Williams.

Alguns vice-campeões da GP2 também chegaram à F-1, como Heikki Kovalainen (vice de Rosberg), Nelsinho Piquet (vice de Hamilton), Lucas Di Grassi (vice de Glock), Bruno Senna (vice de Pantano), Vitaly Petrov (vice de Hulkenberg) e Sergio Perez (vice de Maldonado).

O segundo colocado do ano passado, o brasileiro Luiz Razia, ainda busca uma vaga na Fórmula 1 em 2013. Dono da terceira posição em 2012, o mexicano Esteban Gutierrez está garantido na Sauber. Até o momento, 22 pilotos que passaram pelas oito temporadas da GP2 se tornaram pilotos titulares na categoria máxima.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias