Velsecchi admite dificuldade em achar vaga na F-1 em 2014

Reserva na Lotus, atual campeão da GP2 elogia pilotos atuais da equipe e diz ter dúvidas sobre seu futuro

Reserva na Lotus após sagrar-se campeão da GP2 no ano passado, Davide Valsecchi sequer é mencionado como um possível substituto de Kimi Raikkonen ou Romain Grosjean na próxima temporada e reconhece que suas chances são mínimas no time.

Havia a possibilidade de Valsecchi substituir Grosjean caso o francês continuasse com os erros que marcaram seu GP de Mônaco – quando bateu por três vezes no final de semana – mas o piloto se recuperou, inclusive lutando pela vitória na última prova.

Mesmo mostrando velocidade no teste de ontem em Silverstone, o italiano reconheceu a dificuldade em entrar no grid por meio da Lotus. “A Fórmula 1 é muito dura, então é difícil se envolver. Há grandes pilotos. Temos Kimi Raikkonen – um dos melhores do mundo, talvez o melhor no momento, e temos o Grosjean, que acabou de vir de um resultado fantástico em Nurburgring”, afirmou.

“Então provavelmente não será fácil para mim. Mas vou dar meu máximo no final desta temporada e veremos. Preciso de um pouco de sorte, ser bom e merecer. Você tem de tentar ver a situação de fora e ser 100% objetivo. Mas também não é fácil entender se eu realmente mereço [a chance]: como saber isso? Na minha cabeça, merecia no final da temporada passada, quando era campeão na GP2, conservava muito bem os pneus e era realmente um líder na minha mente.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias