Vergne retorna ao cockpit e se surpreende com pit stops

"Foi uma sensação assustadora no começo, chegando a 100 km/h e vendo tanta gente. No início, fiquei preocupado em atropelar alguém"

Jean-Eric Vergne

Jean-Eric Vergne foi outro que entrou na pista pela primeira vez nesta semana. O francês recebeu o carro de Daniel Ricciardo e foi o quinto na tabela de tempos.

O estreante na Fórmula 1 em 2012 completou mais de 70 voltas e não teve nenhum problema mecânico, o que fez com que a Toro Rosso completasse seu cronograma com sucesso.
 
"É bom estar de volta ao carro depois de Jerez. Trabalhamos em muitas coisas hoje, incluindo comparações aerodinâmicas e diferentes acertos. Corremos o dia todo com pneus médios, o que nos dá uma boa base para analisar os dados."
 
"Aprendemos mais sobre o novo carro a cada volta e ele tem uma boa performance na pista de Barcelona, que fornece sempre um teste com parâmetros reais. Perto do final do dia, tive minha primeira experiência com pit stops na Fórmula 1. Foi uma sensação assustadora no começo, chegando a 100 km/h e vendo tanta gente. No início, fiquei preocupado em atropelar alguém, mas no final eu já tinha me acostumado. Foi uma experiência divertida!"
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias