Vettel defende disputa com Kimi sem ordens de equipe

Alemão conquista segundo lugar e assume a vice-liderança de Nico Rosberg após piloto da Mercedes ter problemas

Depois de ser segundo no GP da Rússia neste domingo, Sebastian Vettel assumiu o segundo lugar no mundial de pilotos se aproveitando do abandono de Nico Rosberg logo no início da prova. No entanto, o piloto destacou a disputa que teve com Kimi Raikkonen ainda no começo do GP.

Para ele, o duelo foi muito bom desde a largada. O alemão foi superado pelo finlandês na partida. Mas após a saída do segundo Safety Car conseguiu superar o companheiro de equipe após Kimi ter cortado a curva 3. O campeão de 2007 deu a posição a Sebastian na curva 5.

"Eu acho que nós dois gostamos", disse Vettel após a corrida.

"Acabei na frente, então gostei um pouco mais que ele. Teria sido a coisa errada a fazer ligarem o rádio e tirarem de nós a luta e toda a emoção.”

"Eu tentei aumentar meu ritmo um pouco, mas tivemos outro Safety Car. Na relargada sabia que tinha uma boa oportunidade, então eu tentei.”

"Estávamos muito, muito próximos. Ele foi justo, me deu o espaço suficiente e sobrevivêssemos a uma boa batalha."

"Eu não acho que na volta 10 você pense sobre essas coisas. Estamos livres para correr.”

"Lewis já estava controlando a corrida e mostrando que ele era o mais rápido. Não fazia muito sentido falar sobre essas coisas. Nesta fase da corrida é muito cedo."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Kimi Raikkonen , Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias