Vettel desbanca Hamilton no fim e fica com a pole

Disputa na tomada de tempos em Sepang ficou restrita a Red Bull e McLaren; Ferrari duela com Renault no segundo pelotão

Vettel fez mágica na última volta lançada em Sepang

Com uma volta tirada da cartola em sua última tentativa, Sebastian Vettel tomou a pole position das mãos de Lewis Hamilton em Sepang. O atual campeão mundial cravou a marca de 1min34s870 com o carro da Red Bull e ficou 0s104 à frente do inglês da McLaren.

>> >> >> >>
>>
>> >> >> >>
A disputa ficou o tempo todo com as duas equipes, que dominaram a segunda fila, com Mark Webber, da Red Bull, à frente de Jenson Button, da McLaren. A diferença entre os quatro foi inferior a quatro décimos. Já Fernando Alonso, da Ferrari, larga em quinto com uma diferença de quase um segundo.
 
A escuderia italiana, inclusive, viu que deverá lutar com a Renault, equipe que se posicionou entre seus carros, com Nick Heidfeld em sexto, à frente de Felipe Massa e Vitaly Petrov. Nico Rosberg, no melhor Mercedes, e Kamui Kobayashi, da Sauber, completam a lista dos dez primeiros no grid de largada.
 
Já Rubens Barrichello não conseguiu um bom desempenho com a Williams e sai em 15°. Ele abre a oitava fila. O grid deste domingo terá a presença de todos os 24 carros: a Hispania, de Vitantonio Liuzzi e Narain Karthikeyan, conseguiram registrar tempos dentro do limite de 107%.
 
Como foi o treino
 
O Q1 começou com Hamilton e Vettel na frente, mas uma bandeira vermelha foi provocada pelo desprendimento da carenagem lateral da Toro Rosso de Buemi, que ficou no meio da pista. A sessão foi reiniciada com 12 minutos para o fim. Restando cinco minutos, a Ferrari pulou para a ponta, mas os três minutos finais foram bastante movimentados. No fim, Massa, Hamilton, Alonso e Schumacher no "G4", com os dois carros da Hispania dentro do limite de 107%.
 
A segunda fase viu Button tomar a ponta no início, seguido de Vettel, Webber e Massa, com os dois primeiros quebrando a barreira de 1min36s. E assim ficou até o fim, uma vez que os três primeiros permaneceram nos boxes pelo resto da sessão e só Hamilton se deu ao trabalho de ir para a pista, cravando o segundo tempo. Com isso, a briga boa ficou na zona da degola, com Force India, Sauber, Williams e Toro Rosso disputando para ficar entre os dez. Kobayashi levou a melhor e foi décimo, enquanto Schumacher foi degolado, em 11º. 
 
A hora da verdade, mais conhecida como Q3, mostrou um duelo inicial entre McLaren e Red Bull, com a primeira levando vantagem, mas apenas 0s371 separando o "G4". Curiosamente, os outros carros envolvidos foram para a pista apenas com três minutos para o fim, quando todos foram para a pista. Só que de nada adiantou, pois quase nada mudou na frente. A novidade foi Vettel, que deu o troco em Hamilton e cravou a pole.
 
O GP da Malásia de F-1 tem largada marcada para as 5h (de Brasília) e transmissão da Rede Globo, Rádios Bandeirantes, Jovem Pan, CBN e Globo. O TotalRace acompanha tudo "in loco".
 
Grid de largada
 
 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Lewis Hamilton , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias