Vettel diz não a conta no twiiter: "Minha vida é chata"

Prestes a conquistar o quarto título mundial, alemão convive com vaias e suspeitas a respeito de seu carro

Com a vitória no GP da Coreia, Sebastian Vettel abriu 77 pontos para Fernando Alonso e pode garantir o quarto título na próxima etapa, semana que vem, no Japão. Para isso, precisa vencer e contar que o espanhol chegue, no máximo, em oitavo. Porém, o piloto da Red Bull não conta com essa possibilidade. “Primeiro temos de terminar a corrida. Nossa meta é vencer o campeonato, não escolher em qual prova o faremos”, destacou.

Envolto em polêmicas a respeito da legalidade de seu carro, Vettel fez questão de salientar o trabalho duro da equipe em cada detalhe da performance. “No momento, se há algum segredo é que estamos nos focando em dar um passo de cada vez e estamos fazendo nossa lição de casa.”

O alemão vive um paradigma: mesmo com todo o sucesso, vem enfrentando vaias. Em Yeongam, circuito com pouca tradição, o público não se manifestou contra o piloto, mas questiona-se se, após as reações negativas nos três GPs anteriores – todos vencidos por Vettel – o piloto não precisa melhorar sua comunicação com o público abrindo uma conta no twitter, por exemplo. “Não tenho interesse em dividir tudo o que eu faço da minha vida. Talvez ela seja muito chata. O importante é que há muito apoio dos torcedores da Red Bull. Quem estava me vaiando deve torcer para a Ferrari e estar frustrado porque os batemos o tempo todo”, disse.

Entre os pilotos, apenas o alemão e Kimi Raikkonen não têm conta no twitter.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias