Vettel é pole de novo: "Fomos melhorando a cada sessão"

Líder do campeonato fica surpreso com a diferença de mais de sete décimos em relação aos carros da McLaren

Alemão ficou 715 milésimos à frente de Jenson Button

Sebastian Vettel ficou sentado um bom tempo no seu “escritório”, como ele mesmo define o cockpit de seu carro, depois da classificação, enquanto fazia a checagem da distribuição de peso de seu carro a pedido dos comissários. Deu tempo para refletir sobre a grande vantagem que imprimiu sobre a dupla da McLaren na definição do grid de largada. O alemão ficou 715 milésimos à frente de Jenson Button, da McLaren, segundo colocado. Lewis Hamilton completou a lista dos três primeiros na classificação.

“Ficamos surpreendidos com isso. O que fez a diferença aqui é que o carro esteve bem logo no primeiro treino de sexta e ainda fomos melhorando a cada sessão. Pensávamos que a McLaren tinha um pouco mais para mostrar na última classificação. Mas certamente eles estarão mais competitivos e será uma longa corrida”, admitiu o alemão.

Sua torcida, porém, é para que a prova seja bem chata. “Historicamente, as corridas em Xangai são meio malucas. Mas eu não me importaria se tudo saísse como planejado. Poderia tornar tudo meio aborrecido para quem assiste, mas, enquanto for por um bom resultado para nós, não me importo”, brincou o líder do mundial.

O alemão lamentou apenas os problemas com o Kers que aconteceram no carro de seu companheiro, Mark Webber. “Foi uma pena o que aconteceu com Mark, mas estou confiante de que ele fará uma boa corrida amanhã. Eu tenho Kers e ele está funcionando muito bem. O problema que houve no carro dele não deve ser um problema no meu”, assegurou Vettel.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias