Vettel e Webber lamentam condições difíceis da classificação

Pilotos da Red Bull dizem não ter tido nenhuma referência do quão rápido poderiam ir, mas mantêm otimismo

Com a chuva intermitente em Spa-Francorchamps neste sábado, Sebastian Vettel e Mark Webber acabaram perdendo a pole no finzinho do Q3, mas, ainda assim, têm boas chances para a corrida de amanhã, já que largam atrás de Hamilton, em segundo e terceiro, respectivamente. Porém, pelas condições difíceis, Vettel disse que não soube o quão rápido podia ir no início.

"Não ficou claro se a primeira volta foi a volta", disse Vettel, se referindo ao Q3.

"Todos nós começamos com slicks, o que foi bastante divertido. Mas aí começou a chover muito forte. De intermediários parecia que a chuva estava chegando mais e mais, mas parou e o circuito voltou a secar muito rapidamente. A última volta acabou por ser a volta mais rápida.”

"É difícil saber o quão rápido você pode ir. Eu vi Lewis se aproximar e comecei a pensar que poderia ter sido um pouco mais rápido. No final, foi muito próximo. Nestas condições, tudo pode acontecer. É uma pena perder a pole novamente, mas estou muito feliz hoje", falou.

Webber, pole em Spa-Francorchamps em 2010 em condições parecidas, disse que os pneus foram os principais vilões de sua volta rápida. “Os pneus intermediários terminaram no fim da volta. Os pneus estavam muito quentes, e foi desapontador não ter mais aderência pelos últimos 50 metros, gostaria que tivesse.”

“Mas é assim. No fim das contas foi uma batalha pela pole position muito próxima. O 'timing' foi uma parte muito importante. E você poderia cometer um grande erro hoje, todos corremos muitos riscos. Mas estou na segunda fila, temos chances de vencer amanhã”, finalizou ao TotalRace mantendo o otimismo.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias