Vettel faz balanço do ano: “Não tem sido tão fácil do meu lado”

Tetracampeão acredita em progresso a longo prazo e elogia trabalho de Daniel Ricciardo: “estamos progredindo”

Com problemas mecânicos e sendo superado pelo companheiro, Sebastian Vettel quer reverter o quatro de 2014 neste final de semana, na volta da Fórmula 1 ao Red Bull Ring, na Áustria. Mal acostumado com as vitórias dos últimos anos, o piloto disse que tem sofrido com a falta de resultados neste ano.

“Não tem sido tão fácil do meu lado, temos tido muitas dificuldades para contornar, mas se você olhar onde estávamos no inverno e onde estamos agora, é um grande passo”, falou ao TotalRace.

“Não diria que Ricciardo está sendo melhor do que costumava. Se você olhar os resultados é correto dizer que ele está na frente, como eu estava na frente de Mark nos últimos anos na maioria das vezes. Mas acho que cada corrida é uma história e há sempre dois lados.”

“Acho que ele está fazendo um grande trabalho e não duvido disso. Do meu lado tive problemas, mas, pelo menos, é ótimo ver que o outro lado está indo bem.”

“Estamos progredindo mas não é tão fácil assim. Às vezes estamos um passo na frente, às vezes voltamos um. As ferramentas que temos são bem diferentes das do ano passado. Tê-las se comunicando bem com bem com o carro é complicado. Especialmente com os engenheiro, para vir com os avanços corretos.”

Falando sobre o que mudaria na Fórmula 1, tendo em vista várias reuniões do grupo estratégico, Sebastian tem posição clara. “Não gosto do som nos novos carros, se fosse para mudar algo seria isso. Não acho que as corridas estejam mais emocionantes do que nos últimos anos. É sempre provável que tenhamos uma equipe que dá um salto quando vem um novo regulamento, isso é normal.”

“Acho que o foco tem que ser em o piloto conseguir mostrar as suas habilidades.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias