Vettel faz corrida particular para vencer no Bahrein

Com uma parada a menos, Raikkonen é segundo, enquanto a Ferrari tem dia para esquecer: Alonso 8º e Massa 15º

Abrindo caminho nas primeiras voltas para ficar de cara para o vento, Sebastian Vettel venceu com muita tranquilidade o GP do Bahrein, ampliando sua liderança no campeonato. Com uma estratégia de duas paradas, Kimi Raikkonen pulou de sétimo no grid para a segunda colocação na prova, com Romain Grosjean completando o pódio, num repeteco do resultado do ano passado.

A Ferrari teve uma tarde para esquecer no Bahrein: logo nas primeiras voltas, Alonso teve problemas para desativar a DRS e, com uma corrida de quatro paradas, foi apenas oitavo. Já Felipe Massa sofreu dois furos de pneus e terminou em 15º.

Com muita velocidade de reta, Rosberg acabou se tornando um rival mais duro que o esperado para Vettel e Alonso. O piloto da Red Bull brigou com a Mercedes durante toda a segunda volta, superando-o no giro seguinte. Alonso tambpem demorou mais de uma volta para passar Rosberg. O espanhol só conseguiu passar quando a Mercedes já não tinha a DRS, duas voltas depois de Vettel.

Mas o espanhol teria problemas nas voltas seguintes. Após a ultrapassagem sobre  Rosberg, a DRS não voltou a sua posição original, obrigando a Ferrari a antecipar sua parada, ainda na volta 7, para resolver manualmente o problema, que voltou a ocorrer na volta seguinte, obrigando o espanhol a uma nova passagem pelo box. Com isso, caiu para o 17º lugar.

Na frente, Vettel escapou, parando apenas na volta 10. Mesmo com os pneus duros, Massa fez sua primeira parada na mesma volta do líder, voltando em uma briga intensa com Rosberg, Button, Grosjean e Perez. O brasileiro, desde as primeiras voltas, estava com um pedaço solto em sua asa dianteira.

Di Resta e Raikkonen alongaram o primeiro stint, buscando fazer duas paradas. O finlandês foi o último a parar, na volta 17, quando era segundo colocado na prova, atrás de Vettel. Mostrando o grande ritmo da Red Bull, Webber se colocou atrás do companheiro. Os dois se aproveitaram da forte briga do trenzinho liderado pelo Rosberg para escapar na frente.

Na 18ª volta, Massa teve um furo no pneu traseiro direito e teve de antecipar sua segunda parada, optando por usar os pneus médios neste trecho para ganhar terreno. A segunda rodada de pit stops começou duas voltas depois.

Mesmo sem usar a DRS durante a prova, Alonso estava em sétimo quando fez sua terceira parada, na volta 25. Enquanto isso, Vettel já tinha aberto tempo suficiente na ponta para parar e ainda voltar em primeiro, afastando o perigo dos pilotos que fariam uma parada a menos. O stint de Massa com médios durou apenas oito voltas e voltou a colocar duros com 18 para o final.

A briga entre os pilotos da McLaren esquentou, e em algumas oportunidades Perez e Button se tocaram. Button chegou a espalhar para cima do companheiro, que foi parar na areia. A dupla acabou superada por Grosjean, com pneus mais novos.

Antes de fazerem sua segunda parada, Raikkonen ultrapassou Di Resta, “liderando” a corrida particular com Di Resta, a dupla que estava na tática de dois pit stops. No giro seguinte, o finlandês fez sua última passagem pelo box.

Na volta 36, Massa teve outro pneu furado e teve de fazer sua quarta parada, saindo definitivamente dos pontos.

Aliando um grande ritmo de corrida ao cuidado com os pneus, Grosjean alargou ao máximo o terceiro stint e colocou pneus médios para caçar Di Resta nas voltas finais, superando o escocês com cinco voltas para o final.

Outra briga forte nas voltas finais foi de Alonso, sem DRS, ultrapassando ambas as McLaren. Porém, com duas voltas para o final, Perez, deu o troco. Outra briga forte até o final foi entre Hamilton e Webber: os dois inverteram as posições algumas vezes até que o inglês superou o australiano na última volta. Voltas depois foi a vez de Perez superar a Red Bull.

Com isso, Vettel venceu superando Raikkonen, Grosjean, Di Resta, Hamilton, Perez, Webber, Alonso, Rosberg, que teve de fazer quatro paradas e caiu da pole à nona colocação, e Button fechando o top 10.

 

Resultado Final - GP do Bahrein

1. Sebastian Vettel         1h36min26s945

2. Kimi Räikkönen           +09s1

3. Romain Grosjean       +19s5

4. Paul di Resta                +21s7

5. Lewis Hamilton            +35s2

6. Sergio Perez                 +35s9

7. Mark Webber              +37s2

8. Fernando Alonso        +37s5

9. Nico Rosberg                               +41s1

10. Jenson Button           +46s6

11. Pastor Maldonado   +1min06s4

12. Nico Hulkenberg      +1min12s9

13. Adrian Sutil                 +1min16s7

14. Valtteri Bottas           +1min21s5

15. Felipe Massa              +1min26s3

16. Daniel Ricciardo        +1 volta

17. Charles Pic                   +1 volta

18. Esteban Gutierrez   +1 volta

19. Jules Bianchi               +1 volta

20. Max Chilton                                +1 volta

21. Giedo van der Garde + 2 voltas

22. Jean-Eric Vergne      Não terminou

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Tipo de artigo Últimas notícias