Vettel garante que segue com sede de vitória após bi aos 24

Alemão vê um 2011 mais difícil do que a tabela mostra e pede que a Red Bull continue encontrando soluções novas

Vettel durante evento da Red Bull

Nem as 11 vitórias e 15 poles de 2011 tiraram a sede de Sebastian Vettel conquistar novos títulos e atingir novas metas. De acordo com o alemão, é preciso sempre pensar que o melhor ainda está por vir.

“Tendo 24 anos, seria triste se disesse que é isso, esse foi o melhor momento da minha vida e, de agora em diante, só vai piorar. Acho que isso seria muito triste”, afirmou à Associated Press. “Espero que, mesmo se me aposentar da F-1 um dia, que eu acorde de manhã sabendo que meus melhores dias ainda estão por vir. Acho que seria muito triste não ter nada a esperar em minha vida profissional e pessoal.”

Vettel acredita que os 122 pontos de diferença para seu rival mais próximo, o britânico Jenson Button, não reflete a dificuldade da temporada 2011.

“Foi muito mais próximo do que a tabela de pontos indicou nesta temporada. Você você olhar nas diferenças depois das classificações ou nas corridas... no Japão tivemos os quatro primeiros separados por cinco segundos. Se olhar para dez anos atrás provavelmente veria 40s entre o primeiro e o segundo.”

Em outras palavras, mesmo com ambos os títulos conquistados de maneira bastante antecipada neste ano, Vettel não quer que a Red Bull tire o pé do acelerador para não perder terreno em 2012.

“Então precisamos forçar, não podemos descansar e pensar que temos uma boa base e que estará tudo bem ano que vem. Os caras estão tentando encontrar algo novo para ter a diferença a novo favor como fizemos ano passado, caso contrário acho que, com a velocidade de desenvolvimento de hoje na F-1, você rapidamente começa a dar passos para trás.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias