Vettel ignora marca de tricampeão mais jovem e mira em Schumi

Perguntado sobre marca que ele e Alonso podem quebrar neste ano, alemão dá de ombros: "Michael é o mais jovem heptacampeão"

Além de lutar pelo título desta temporada, Sebastian Vettel, aos 25, e Fernando Alonso, aos 31, brigam para decidir quem se tornará o tricampeão mais jovem da história. Até hoje, a marca é do brasileiro Ayrton Senna, que conquistou o terceiro campeonato também aos 31 anos, em 1991.

Mas o alemão da Red Bull, que já tirou do próprio Alonso o título de bicampeão mais jovem, ano passado – o piloto também é o campeão mais novo, superando marca de Lewis Hamilton – dá de ombros para a estatística.

Ouvido pelo TotalRace, Vettel deixou claro que mira mais longe. “Até onde eu sei, Michael [Schumacher] ainda é o mais jovem heptacampeão”.

Líder do campeonato, com seis pontos de vantagem para Alonso, o alemão segue faminto por conquistas após dois títulos seguidos, em 2010 e 2011. “É sempre bom conquistar um título, mas acho que isso não te permite esquecer da caminhada até chegar lá. Mesmo já tendo feito isso uma ou duas vezes, ainda sabe que vencer um campeonato a cada ano é um grande desfio”, salientou.

“Obviamente, este ano tem sido cheio de altos e baixos para todos nós e ainda faltam muitas corridas. Não há nada para garantir que as corridas deixarão de ser imprevisíveis até o final. Será sempre difícil dizer antes da largada o que vai acontecer nas últimas voltas, o que é emocionante para nós, mas também faz com que você não possa esquecer da atenção aos detalhes”, disse Vettel.

A receita do piloto da Red Bull para superar as adversidades é simples: fazer sua parte. “Nossa meta é liderar o campeonato depois da última prova. Até lá, temos de maximizar nosso potencial porque o que os outros estão fazendo não é da nossa conta”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias