Vettel mantém Red Bull na ponta em Barcelona

Alemão quebra barreira de 1min22 nesta quarta-feira, com Buemi colocando Toro Rosso em segundo; Massa é o quinto

 

O segundo dia da bateria final de testes pré-temporada da F1 em Barcelona mostrou as equipes alternando entre longos períodos na pista e voltas rápidas. E também manteve a Red Bull no topo da tabela, impressionando ainda mais com a velocidade apresentada.
 
Em um "stint" de cinco voltas rápidas, o alemão Sebastian Vettel, que assumiu o volante de Mark Webber, quebrou a barreira de 1min22s, cravando 1min21s865 logo na primeira volta lançada. No final, completou 112 voltas, a maioria delas em "stints" longos, de 16 voltas.
 
A fabricante de energéticos austríaca ainda colocou o carro do "time B", a Toro Rosso, em segundo lugar na tabela, com Sebastian Buemi sendo meio segundo mais lento e completando uma longa simulação de corrida, totalizando 120 voltas, mas provocando uma bandeira vermelha após parar na pista no meio da tarde. Além disso, a equipe italiana fez treinos de pit stops.
 
A bordo do R31 da Lotus Renault GP, Vitaly Petrov repetiu o terceiro melhor tempo do dia anterior. O russo iniciou seu cronograma com "stints" curtos, cumprindo longos períodos na pista pela tarde e provocando uma bandeira vermelha no fim da sessão (e seu encerramento prematuro), ao parar na curva seis do circuito catalão.
 
O quarto posto na tabela ficou com a McLaren de Lewis Hamilton, mas os ingleses não tiveram um dia fácil. Um vazamento hidráulico e dois problemas no escapamento pela manhã jogaram por terra os planos da equipe de simular uma corrida. À tarde, em "stints" curtos, Hamilton estabeleceu sua melhor volta, um segundo mais lenta que a de Vettel.
 
Enquanto isso, a Ferrari voltou às pistas e colocou Felipe Massa em quinto, com algumas mudanças aerodinâmicas e um novo escapamento no F150th Italia, terminando em quinto, com 1s459. No entanto, Massa não fez voltas lançadas, apenas "stints" de cinco e 14 voltas, e nos períodos mais longos andou no mesmo ritmo da Red Bull. Completando a lista dos seis primeiros está o escocês Paul di Resta, que teve problemas de pressão de combustível durante o dia, mas cravou sua melhor passagem no fim.
 
Com a Sauber, Kamui Kobayashi assumiu o cockpit de Sergio Perez e foi o sétimo sem muitas novidades, terminando à frente da Mercedes de Nico Rosberg, que também surgiu com um novo escapamento e mudanças aerodinâmicas no modelo W02, cumprindo "stints" de dez voltas, em média. Logo atrás, surgiu Jarno Trulli, de volta ao carro do Team Lotus, sem enfrentar problemas.
 
O mesmo não pode ser dito por Pastor Maldonado. O venezuelano da Williams sofreu com o Kers e perdeu maior parte da manhã, com o time sendo obrigado a desligar o dispositivo de recuperação de energia cinética para o campeão da GP2 poder completar 29 voltas, ficando à frente apenas da Marussia Virgin de Jerome D'Ambrosio, que enfrentou problemas elétricos durante o dia e foi sete segundos mais lento que Vettel.
 
Tempos desta quarta-feira em Barcelona:
 
1°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), 1min21s865 (112 voltas)
2°. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari), 1min22s396, a 0s531 (120)
3°. Vitaly Petrov (RUS/Lotus Renault GP), 1min22s670, a 0s805 (116)
4º. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes), 1min22s888, a 1s023 (57)
5°. Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min23s324, a 1s459 (101)
6°. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes), 1min24s334, a 2s469 (118)
7º. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari), 1min24s436, a 2s571 (107)
8°. Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min25s807, a 3s942 (100)
9°. Jarno Trulli (ITA/Team Lotus-Renault), 1min26s090, a 4s225 (98)
10°. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth), 1min26s989, a 5s124 (29)
11°. Jerome D'Ambrosio (BEL/Marussia Virgin-Cosworth), 1min28s982, a 7s117 (64)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias