Vettel mostra a que veio e lidera terceira sessão de treinos livres

Mesmo atrapalhado em sua volta rápida, alemão fica à frente de Schumacher por um milésimo

Antes desta sessão de treinos livres, Vettel havia completado apenas quatro voltas

Depois de dar apenas quatro voltas quando bateu nos treinos de sexta-feira e ficar de fora da segunda sessão, Sebastian Vettel fez o melhor tempo na última sessão de treinos livres para o GP da Turquia. A Mercedes se mostrou a segunda força para a classificação.

A chuva que algumas equipes esperavam não veio e a terceira sessão foi disputada sob sol e temperatura de 14ºC (ambiente) e 27ºC (pista).

Mesmo com o tempo de pista limitado neste final de semana devido à chuva no primeiro treino, os pilotos demoraram 20 minutos para começar a marcar tempos.

Michael Schumacher começou ditando o ritmo, com 1min27s6, para logo ser batido por Lewis Hamilton e Nico Rosberg, que fez 1min27s2.

A única bandeira amarela foi causada por Jaime Alguersuari, que escapou entre as curvas quatro e cinco.

Não demorou para que Vettel baixasse o tempo de Rosberg em um décimo e assumisse a primeira colocação, com apenas sete voltas no bolso. Só não foi superado logo na sequência pelo companheiro Mark Webber porque o australiano, quando vinha com os melhores setores da pista,  encontrou Timo Glock no último setor.

Fechando a primeira saída com pneus duros, Vettel liderava à frente de Rosberg, Webber, Vitaly Petrov, Hamilton, Schumacher, Button, Fernando Alonso, Nick Heidfeld e Sebastien Buemi. Felipe Massa era o 11º e Rubens Barrichello não marcou tempos competitivos: era o último entre os que marcaram tempo, a mais de 6s dos ponteiros. Com os pneus macios pela primeira vez no final de semana, seria 15º.

A Mercedes fez uma segunda saída com pneus duros e Rosberg por pouco não repetiu a batida de Vettel na curva oito, após perder a traseira e controlar bem.

Faltando 18 minutos para o final, o primeiro a experimentar o pneu macio foi Buemi, que baixou o melhor tempo de Vettel e marcou 1min27s0. Massa foi o próximo a melhorar, com 1min26s8 – baixando 1s4 com o composto macio, mesmo com o carro arisco durante a volta.

Qualquer sinal animador para a Ferrari acabou instantes depois, quando Vettel melhorou seu melhor tempo e marcou 1min26s9, mas ainda com pneus duros.

Alonso bateu o tempo de Massa por 0s064, também com pneus macios. Mostrando-se bem melhores na simulação de classificação, as Mercedes fizeram 1min26s0 com Schumacher e 1min26s4 com Rosberg.

Ao final de sua saída com pneus macios, Alonso reportou perda de potência e voltou lento para o box.

Era a hora das McLaren mostrarem seu poder de classificação – e ficaram atrás das Mercedes, com Button em terceiro, com 1min26s5 e Hamilton em quarto, dois décimos mais lento.

Webber se colocou entre Rosberg e Button. Porém, mesmo atrapalhado por Liuzzi no último setor, Vettel bateu, por um milésimo, o tempo de Schumacher, mostrando que a Red Bull, pelo menos em suas mãos, tem mais por vir.

Em outra má notícia para a Ferrari, Petrov se colocou em sétimo, à frente de ambos os pilotos da equipe italiana. Como Heidfeld abortou sua tentativa com o pneu macio, é de se esperar que a Alonso e Massa briguem pela quarta fila.

Resultados do terceiro treino livre - GP da Turquia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Tipo de artigo Últimas notícias