Vettel não vê campeonato decidido, mas fala em administrar a vantagem

Alemão, que poderia tirar férias por três provas e ainda ser líder da tabela, acredita que pode ter sequência ruim e perder pontos

Essa cena já se repetiu seis vezes neste ano

Seis vitórias e dois segundos lugares em oito corridas. A vantagem para os rivais mais próximos – Jenson Button e Mark Webber – é de 77 pontos (o equivalente a três vitórias e um nono lugar). Mas Sebastian Vettel segue negando que o campeonato esteja decidido, ainda que já comece a falar em administrar a vantagem.

“Não olho a diferença. É uma temporada longa. Tivemos um início fenomenal e continuar assim é nosso objetivo. Mas temos de ir passo a passo e disputar uma corrida de cada vez. Claro que não devemos assumir muitos riscos, mas a meta é vencer corridas. Se tivermos a chance, vamos aproveitá-la. Se chegar um dia em que tivermos dificuldades e o carro só puder chegar em terceiro, temos de lutar pelo terceiro posto, e não pelo sétimo.”

O alemão tem viva a lembrança do ano passado, quando assumiu a liderança do campeonato apenas na última prova, após uma virada espetacular.

“O ano passado pode ser usado como exemplo. Tivemos boas corridas, até um certo momento em que as coisas começaram a dar errado e perdemos muitos pontos. Não necessariamente por grandes erros, mas fomos perdendo, perdendo. Se você olhar para a F-1 e comparar com outros esportes, é um campeonato muito, muito longo.”

Para o piloto da Red Bull, mesmo tendo o melhor carro, algumas situações de corrida podem fazê-lo perder pontos.

“Há muitas corridas e coisas que podem acontecer. Claro que vai haver provas em que tudo dará certo, mas também enfrentaremos dificuldades, condições como a do Canadá e coisas do tipo. Você decide parar e de repente começa a chover, como aconteceu com Fernando [Alonso] em Montreal. Não são necessariamente erros, mas coisas que não funcionam. O Safety Car entra no momento errado, coisas assim. Isso pode mudar completamente o resultado e os pontos. Claro que nosso objetivo é estar na liderança e ficar lá, mas o mais importante é liderar o campeonato depois da última prova. e não antes.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias