Vettel quer que GP da Áustria faça parte do calendário da F-1

Tricampeão esteve no país em uma celebração na cidade de Graz. "Não sei por que nós não vamos lá", disse o alemão

Vettel esteve em Graz, Áustria, neste fim de semana

Palco de inúmeras batalhas desde a década de 70, o circuito hoje situado em Spilberg sofreu profundas mudanças de segurança e está num nível completamente aceitável para receber novamente a Fórmula 1, foi o que disse o tricampeão mundial Sebastian Vettel.

"Estive na reinauguração e tive a chance de pilotar lá", falou Vettel ao site laola1.at sobre o autódromo, que agora é denominado Red Bull Ring. "A pista é completamente compatível com a Fórmula 1, não sei por que nós não vamos lá. Seria ótimo podermos ter um GP caseiro", finalizou Vettel, que esteve em um evento em Graz, Áustria, neste fim de semana.

O austríaco bilionário Dietrich Mateschitz, além de ser co-fundador da linha de energéticos Red Bull, também é dono das equipes Red Bull Racing e Scuderia Toro Rosso na Fórmula 1, e recentemente adquiriu o autódromo de Spilberg, cidadezinha ao lado de Zeltweg.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias