"Vitória hoje seria grande conquista da vida de Lewis", diz pai

Anthony Hamilton espera viver momentos de emoção na prova de despedida do filho correndo pela McLaren na terra de Senna

O GP do Brasil marca o fim de um conto de fadas: a passagem por Lewis Hamilton na McLaren começou quando o piloto ainda estava no kart, aos 13 anos, e seguiu por toda sua carreira nos monopostos até chegar à Fórmula 1.

Nas seis temporadas com a equipe no topo do automobilismo, foram 21 vitórias e um título mundial, conquistado de forma dramática em Interlagos, em 109 largadas. Agora, o inglês acertou sua ida à Mercedes, time com o qual acertou por três anos.

Um dos grandes personagens da história de Hamilton no automobilismo, Anthony, seu pai, destaca a importância que o filho dá para uma vitória no Brasil hoje. “Se Lewis puder vencer hoje, acho que será a grande conquista de sua vida. Vencer sua última corrida pela McLaren e logo na casa de Ayrton Senna, é seu objetivo.”

Com ou sem vitória do filho, que larga na pole position pela primeira vez no Brasil, o empresário espera muita emoção neste domingo.

“No momento, estou totalmente focado na corrida, mas certamente haverá muitas emoções depois da corrida, para todos os envolvidos – não só para nós, como também para os membros da equipe, os fãs e as pessoas do paddock pelo fato de Lewis ter crescido sendo piloto da McLaren. Espero vê-los tristes por ele estar indo embora, mas positivos pelo passo adiante que está dando.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias