Webber acompanha as McLaren na primeira sessão de treinos livres

Australiano superou Button por 14 milésimos, com Hamilton pouco mais de um décimos atrás; Alonso quebra

Webber liderou a primeira sessão de treinos

Mark Webber foi o único a superar a dupla da McLaren na primeira sessão de treinos para o GP do Brasil. O australiano, junto de Jenson Button, segundo, e Lewis Hamilton, terceiro, foram os únicos  a baixar da casa dos 1min14 em Interlagos nesta sexta-feira de manhã.

O treino teve quatro brasileiros na pista, com Luiz Razia substituindo Jarno Trulli nesta sessão. O baiano foi o 20º colocado. Felipe Massa foi o quinto colocado, com Rubens Barrichello em 13º, logo à frente de Bruno Senna.

A sessão aconteceu debaixo de sol, o que elevou a temperatura da pista para 36ºC.

Como de costume, a Mercedes de Michael Schumacher pulou na frente, com as Renault de Romain Grosjean, que substituiu Vitaly Petrov na primeira sessão de treinos, e Bruno Senna.

Faltando cerca de uma hora para o final da sessão, Felipe Massa assumiu a ponta com uma sequência rápida de voltas. Foi quando os ponteiros começaram a ir para a pista, com Lewis Hamilton roubando o primeiro lugar de Massa logo em seguida, por quatro décimos. Enquanto isso, Rubens Barrichello marcava o oitavo tempo entre os 13 que haviam fechado volta marcada até então.

Mesmo com Vettel e Button an pista, Hamilton seguiu liderando, com dois a três décimos de vantagem. Mas a festa foi encerrada pelo atual campeão mundial, já virando 1min14s0, memso com os pneus médios.

Após sua primeira saída, Luiz Razia ficou a pouco mais de um décimo à frente de Heikki Kovalainen, enquanto outro piloto que substituía um titula nesta primeira sessão, Jean-Eric Vergne, andava bem mais longe de um rápido Jaime Alguersuari, que permaneceu durante boa parte da sessão entre os 10 primeiros. Já Jan Charouz ficava a oito décimos de Daniel Ricciardo, na Hispania. O checo ainda fez uma excursão pela grama no S do Senna, assim como Pastor Maldonado. Outro substituto, Nico Hulkenberg, andou bem no circuito em que marcou a pole do ano passado e ficou dentro do top 10, logo à frente do companheiro Paul Di Resta.

Faltando 40 minutos para o final da sessão, apenas Fernando Alonso não havia marcado tempo. O espanhol saiu à pista faltando 36 minutos para a bandeirada.

O primeiro a baixar a barreira dos 1min14 foi Jenson Button, logo seguido por Lewis Hamilton. O tempo permaneceu como o mais rápido da sessão até menos de 20 minutos do final, quando o inglês foi superado por Webber.

Entre os brasileiros, Massa se sentinha em quinto, logo à frente de Alonso, enquanto Barrichello era 13º, também superando Pastor Maldonado, e Bruno Seena era 14º, um décimo atrás de Grosjean. Luiz Razia, por sua vez, andava a cinco décimos de Kovalainen.

Com seis minutos para o final da sessão, Alonso parou sua Ferrari na saída do S do Senna. O espanhol já havia perdido boa parte da sessão no início. Nos últimos momentos de treino, apenas o piloto da Ferrari e Lewis Hamilton, que permaneceu nos boxes, não foram à pista. Com o tráfego, no entanto, pouca gente melhorou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias